Associe-se agora

E o Design conquistou a Cultura!!

Na última semana, entre os dias 28 de novembro e 01 de dezembro, aconteceu em Brasília a III Conferência Nacional de Cultura. Um evento com números expressivos e que buscou definir caminhos que serão priorizados pelo Ministério da Cultura, por meio de 64 propostas encaminhadas e aprovadas com participação da sociedade civil.

 

Mais de 1700 pessoas participaram da III Conferência Nacional de Cultura.

 

Ao todo foram 1745 participantes, sendo 953 delegados, 162 convidados e 412 observadores. O Design foi representado por meio de seu Colegiado que trabalhou intensamente nos 4 dias para que houvessem avanços significativos nas políticas culturais. E eles começaram a aparecer. De 18 propostas desenvolvidas ou apoiadas pelo Colegiado de Design, 16 foram aprovadas pelas plenárias. Entre as propostas aprovadas está a criação do Plano Nacional de Economia Criativa (proposta 4.31), a regulamentação de profissões dos setores ligados a Economia Criativa (proposta 4.34) e o enquadramento das atividades ligadas às Criações Culturais e Funcionais (design, moda e arquitetura) no Simples Nacional.

 

Colegiado de Design marcou presença na Conferência.

 

O design ainda está inserido em outras propostas como 1.27 (recursos para o Setorial de Design no MINC), 2.11 (educação nos setores criativos), 2.1 (inserção dos setores criativos em editais),  2.28 (centros de cultura digital), 4.21 (fortalecimento e fomento das cadeias produtivas da Economia Criativa), 4.26 (fomento por meio de linhas BNDES, INPI e Ministério da Ciência e Tecnologia), 4.1 (instituição de roteiros de turismo cultural baseados em territórios criativos), 4.2 (identificação e mapeamento de territórios criativos), 4.4 (criação de macroprograma de turismo cultural com auxílio do design).

Ao final da Conferência, Miriam Zanini, Vice-presidente da ProDesign>pr comemorou: “o trabalho na Conferência foi muito rico e instigante. Da mesma forma que outras linguagens precisam conhecer, entender e aceitar o Design dentro da cultura, nós também aprendemos muito sobre as outras linguagens e como juntos podemos (ainda que com uma rica diversidade) construir uma política de governo para a cultura pautada nas demandas da sociedade”. Miriam ainda complementa sobre o momento especial que o Design está vivendo na Cultura: “estamos em um momento especial para o Design e me sinto honrada em poder contribuir na condução das políticas publicas junto ao MinC, agora com o Design contemplado em muitas diretrizes importantes que o fortalecem. Espero que com este importante trabalho, possamos muito em breve colher os resultados tornando o Design cada vez mais forte em nosso país.

 

Tulio Filho defende as propostas do Design na Plenária.

 

Outro que comemorou os resultados foi Tulio Filho, delegado da Região Sul do Colegiado de Design. Ele relatou seu entusiamo com os resultados: “podemos sem dúvida alguma dizer que o Design foi a atividade que saiu mais forte da Conferência. Isto se deve as próprias propostas aprovadas, mas principalmente pela articulação e pelo reconhecimento do Design pelas outras linguagens. Os “laranjinhas do Design” mais uma vez conseguiram se destacar em meio ao turbilhão de linguagens e culturas que a Conferência abraçou”.

 

Documento foi encaminhado para o Presidente da Câmara de Deputados.

 

Tulio Filho ainda foi responsável por levar em mãos para o Presidente da Câmara de Deputados, Henrique Alves, uma carta solicitando a regulamentação imediata da profissão, o enquadramento do Design no Simples e um pedido de audiência pública para que o CAU – Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil, possa prestar esclarecimentos sobre duas de suas resoluções (21 e 51) que causam sombreamento nas atividades desenvolvidas pelo Design. O Presidente Henrique Alves prometeu encaminhamento junto ao Senado Federal e à Comissão de Cultura da Câmara.

 

A Ministra Marta Suplicy, recebendo a camiseta “Design é Cultura”, durante reunião com o Colegiado.

 

O Colegiado, liderado por Fernanda Martins, representante do Pará, ainda realizou uma importante reunião com a Ministra Marta Suplicy, onde requereu a criação de um Centro de Memória do Design Brasileiro, a inserção do Design nos CEUS (Centro de Cultura e Esportes Unificados), e também o apoio à regulamentação da profissão e ao enquadramento no Simples.

A listagem completa de propostas aprovadas na III Conferência Nacional de Cultura pode ser vista em: http://bit.ly/1cMErrv

Parcerias da Prodesign>PR

© 2013 ProDesign>pr • Associação para o Design do Paraná
Topo